Academia Electrão

Embalagens a partir de algas

Embalagens a partir de algas

A DS Smith está a explorar a possibilidade de utilizar fibras de algas como matéria-prima para fabricar papel e embalagens. Este avanço poderá vir a tornar a DS Smith pioneira no setor na utilização de algas como fibra alternativa no packaging. Após os primeiros testes, a empresa começou igualmente a estudar o potencial das algas para contribuir também para a eliminação dos plásticos, para substituir as embalagens à base de derivados de petróleo, utilizado até agora para proteger muitos produtos alimentares.

Graças à sua ampla variedade de utilizações, o mercado das algas para aplicações industriais está em pleno crescimento. O trabalho com fibras naturais inclui também outras matérias-primas naturais inovadoras, tais como palha, cânhamo, miscanthus e algodão, bem como fontes mais invulgares, como a planta de copa (silphium perfoliatum) e resíduos agrícolas, nomeadamente cascas de cacau ou bagaço de cana-de-açúcar (a fibra de celulose resultante do processamento da cana-de-açúcar).

23 agosto 2021